Header Ads

test

COELBA é suspeita de adulterar medidor e aumenta consumo de residência em quase 300% ( VEJA )

A Coelba tem sido campeã de denúncias por parte de consumidores no estado da Bahia, dessa vez uma família desesperada, entrou em contato com o site, para relatar o drama em que vivem, devido a supostos abusos cometidos pela Coelba.


Uma família na cidade de Santo Antônio de Jesus na Bahia, tem sido vítima de um suposto golpe da COELBA, que aumentou a conta de energia elétrica em quase 300% a mais.

A família que até novembro pagava 73,00 reais, passou a pagar em dezembro 269,00 reais e a conta não para de crescer chegando a 280 reis.


O que chama a atenção é que a família possui os mesmos eletrodomésticos do mês de novembro e os mesmos hábitos de consumo. Com o clima quente a família relata que o chuveiro elétrico foi desligado em dezembro e que tem economizado muito mais que o mês de novembro de 2019.


Com o contrato de número 7043366119 a família já tentou contato com a Coelba, porém sem sucesso; Ao questionar com um funcionário da empresa o mesmo alega que o consumo é medido pelo relógio digital e que a impressão da conta é medindo através dessa ferramenta.


A ANEEL aprovou o último reajuste tarifário de apenas 6,21% para contas de energia na Bahia; O aumento da distribuidora de energia baiana foi em 22 de abril de 2019; 

A empresa atende 6 milhões de unidades consumidoras localizadas no estado da Bahia.


E sem reajustes e com famílias tendo os mesmos hábitos de consumo e os mesmos aparelhos, tudo indica que há suspeita de fraude nos medidores disponibilizados pela Coelba em algumas residências no estado da Bahia. Fonte: PIRÔPO NEWS

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Rede Boquira News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Rede poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. A responsabilidade é do autor da mensagem.