Header Ads

test

Bomba! Corrupção no Senado: Áudio Comprova Prática de 'Rachadinha' do Senador Jorge Kajuru

O silêncio do senador Jorge Kajuru em relação ao processo de pratica de rachadinha do senador Flávio Bolsonaro tem uma razão de ser. O paladino da moral e dos bons costumes que gosta de apontar o dedo para os outros é a segunda  alma  mais honesta do Brasil, a primeira é o Lula.


Kajuru foi gravado em uma conversa telefônica com  seu ex-motorista, Alexandre Machado de Souza, onde Kajuru afirmou que no seu gabinte ninguém recebe mais de R$ 14 mil reais e quem tem o sário acima disso, tem que repassar dinheiro para outros assessores, como é o caso do funcionário chamado DUDU que  tem que repassar 4 mil reais para a Renta, segundo palavras do próprio Kajuru.



Kajuru é aquele senador que prometeu cassar o ministro Gilmar Mendes por corrupção. E agora margarida?

O exemplo citado, pelo próprio Kajuru, é o do Assessor Parlamentar Eduardo Aritana de Oliveira, que receberia R$ 18 mil livres (o salário bruto é de R$ 22,9 mil), mas “passa quatro (mil), para a Renata”

Apontada como repassadora da ‘rachadinha’ ao Senador, espécie de ‘Queiroz’ do ex-jornalista, Renata Dayrrel de Lima Campos é Secretária Parlamentar e recebe salário bruto de R$ 17,9 mil.



Noutro momento do ‘bate-papo’, Buda cita provável desconto (rachadinha) de 4 mil do assessor Claudio Geraldo Boeacht Magalhães, questionando as razões desse dinheiro não poder ser destinado a ele.

Kajuru responde que “Todos” repassam, e que Claúdio seria amigo dele há quarenta anos.

O senador diz ainda que, no gabinete dele, ninguém recebe mais do que R$ 14 mil, sugerindo o repasse do restante.

Tratam-se, ainda que involuntárias, de confissões graves e que precisam ser investigadas pelos órgão competentes.



Ficam claras, também, as razões pela qual Kajuru, em vez de escandalizar-se com as diversas evidências de ‘rachadinhas’, intermediadas pelo miliciano Queiroz dentro do gabinete de Flavio Bolsonaro, ignorou-as, com direito a relação próxima com o parlamentar, que se tratam como ‘Flavito’ e ‘Caju’, além de atuação subalterna ao pai, Jair Bolsonaro.

Confira, logo abaixo, áudio e transcrição da conversa do Senador Jorge Kajuru com o ex-motorista Alexandre, o ‘Buda’:
Fonte: Blog do Gleuber Carlos.

Nenhum comentário

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Rede Boquira News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Rede poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. A responsabilidade é do autor da mensagem.