Header Ads

test

Ministério Público Denuncia Boulos e Lula por Invasão do Triplex no Guarujá

Nesta quarta-feira (29), o ex-presidiário Luis Inácio Lula da Silva, e o líder do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) Guilherme Boulos, receberam uma notícia bastante amarga. O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo fez uma denuncia contra a dupla por uma invasão realizada no triplex no dia 16 de abril de 2018.


O petista foi condenado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva no processo relativo ao apartamento, e foi preso poucos dias antes da invasão ser realizada.

De acordo com o Ministério Público, os autores pela invasão deverão ser enquadrados no artigo 346 do Código Penal, que classifica como crime tirar, destruir, suprimir ou danificar algo próprio, que esteja em poder de terceiro por ação judicial. No tempo, o triplex encontrava-se bloqueado por uma determinação judicial.


Embora o fato de Luis Inácio estar preso na época que a invasão foi feita, os procuradores consideram que ele instigou o ocorrido ao solicitar, durante seu discurso, que Guilherme Boulos mandasse seu pessoal para invadir o imóvel.


Posteriormente a ocupação, os membros do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto ficaram no triplex por aproximadamente duas horas, e saíram do local após um acordo com a Polícia Militar. Com a informação: Pleno News


Curta a nossa página abaixo e compartilhe em suas redes sociais para que outras pessoas também leiam e conheçam o nosso trabalho. Obrigado!

Um comentário:

  1. MAIS UMA CANALHICE DESTES BANDIDOS LAVA-JATISTAS PARA TENTAR DENEGRIR E SUJAR A IMAGEM DE QUE SÃO CONSIDERADOS SEUS INIMIGOS E PARA ATINGIR DIRETAMENTE O LULA. O TIRO SAIU PELA CULATRA PORQUE O POVO JÁ PERCEBEU A VERDADE E ESTES PSICOPATAS AMBICIOSOS E SEDENTOS PELO PODER NÃO TEM MAIS CREDIBILIDADE E CAIRÃO UM POR UM.

    ResponderExcluir

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Rede Boquira News. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. A Rede poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto. A responsabilidade é do autor da mensagem.